» categoria "Notícia – Terapia Ocupacional"

Neste ano celebramos os 49 anos da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional. Como profissionais da saúde trabalhamos na promoção da saúde, na prevenção e na recuperação de doenças.

Socialmente, somos reconhecidos e nos tornamos imprescindíveis em todas as fases de vida do indivíduo: infância, adolescência, idade adulta e na terceira ou melhor idade.

Atendemos atletas de alto rendimento e pessoas com necessidades especiais. Nosso  escopo de atuação é amplo, o resultado do nosso trabalho está baseado, cada vez mais, em estudos de evidência científica.

No Brasil, o Ministério da Saúde sempre teve o desafio de fazer mais com menos. Nossas profissões vão ao encontro desse desafio, entregamos à sociedade brasileira excelentes resultados em saúde, com a associação da utilização de vários recursos naturais de baixo custo.

O valor remuneratório, histórico e atual que recebemos diante dos resultados que entregamos ao governo e à sociedade em geral, deve ser discutido urgentemente por todos nós, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais que estão regularmente trabalhando em todo território nacional.

A utilização dos parâmetros assistenciais juntamente com o Referencial Nacional de Procedimentos de Fisioterapia ou de Terapia Ocupacional é a melhor e a única forma de garantirmos prestação de serviço de qualidade.

O Sistema COFFITO/CREFITOs conclama os colegas para gradativamente abandonarem o modelo histórico de prestação de serviço focado na quantidade de  atendimentos / dia, modelo imposto pelos gestores públicos de saúde.

Atenção!  A longevidade e a sustentabilidade de qualquer profissão, dependerá sempre de vários fatores:  da qualidade e da resolutividade na prestação do serviço, do respeito aos princípios de dignidade humana de todos os atores envolvidos no processo de atendimento à saúde, do reconhecimento social, do valor ético, social e remuneratório que, cada um de nós estabelecermos dioturnamente pelo nosso fazer.

Lembrem-se dos desafios que tivemos que vencer para chegarmos até aqui.

A sociedade, em geral, percebe e reconhece cada vez mais o seu “valor”. E você?

Já refletiu sobre o seu “verdadeiro valor”?

“Quando alguém julgar o seu caminho, empreste a ele os seus sapatos”: Só você sabe como chegou até aqui.

Parabéns a todos os Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais do Brasil!

Roberto Mattar Cepeda

Presidente do COFFITO

Clique aqui e assista à homenagem do Sistema COFFITO/CREFITOs aos profissionais.

 

1 2 3 24
  • seta ir para o topo