» Notícia » COFFITO, CNS, associações e conselhos da saúde publicam nota contra formação em EaD

O COFFITO, junto a demais entidades da área da saúde, entre elas o Conselho Nacional de Saúde (CNS), apoia a campanha “A Saúde pública merece respeito! A graduação em Saúde a distância coloca em risco a segurança da população!” por meio de adesão a Nota de Pública Contra Formação a Distância na Área da Saúde – Formação com Qualidade na Área da Saúde Somente na Modalidade Presencial.

O texto publicado pelas entidades reforça o preconizado na Constituição Federal, que prevê que a Saúde é direito de todos e dever do Estado. O que, para o grupo, justifica a necessidade de que a formação na área da saúde seja realizada de forma presencial, uma vez que, ao contrário de outras profissões, a integração entre o ensino, os serviços de saúde e a comunidade é imprescindível.

De acordo com o material, a modalidade EaD desconsidera que a educação na saúde requer interação constante entre os trabalhadores, estudantes e usuários, para que seja possível assegurar a integralidade da atenção, da qualidade e da humanização do atendimento prestado aos indivíduos, famílias e comunidades. Para que isso seja alcançado, é preciso inserir os estudantes nos cenários de práticas do Sistema Único de Saúde (SUS) desde o início da formação, integrando teoria e prática.

Clique aqui e leia a Nota completa.

  • seta ir para o topo