» Notícia » COFFITO, CREFITO-14 e ABRAFIN discutem atuação do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional no tratamento da espasticidade

No dia 5 de dezembro, em Brasília, representantes do CREFITO-14 e da Associação Brasileira de Fisioterapia Neurofuncional (ABRAFIN) apresentaram ao COFFITO o trabalho realizado no Piauí, referente à atuação multidisciplinar no tratamento da espasticidade. Na oportunidade, foi destacado o atendimento oferecido por fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais aos pacientes, bem como reforçada a inserção daqueles desde a avaliação ambulatorial até a avaliação do paciente sob sedação no centro cirúrgico, sendo tais profissionais, inclusive, consultados quanto à decisão de condutas e execução de procedimentos.

Durante a reunião o grupo ponderou quanto ao apoio do Governo do Estado do Piauí e as relações custo-benefício do programa, uma vez que o tratamento de pacientes com espasticidade já possui valor elevado. O presidente do COFFITO, Dr. Roberto Mattar Cepeda, parabenizou o grupo pela iniciativa e pelos resultados obtidos, e colocou a Autarquia à disposição para articulação junto ao Ministério da Saúde, no intuito de inserir esta proposta em algum programa ou política de saúde.

Outro assunto discutido pelo grupo foi a possibilidade de criação de código específico para o procedimento no Referencial Nacional de Procedimentos Fisioterapêuticos (RNPF).

Também estiveram presentes os membros do Grupo de Trabalho de Espasticidade do CREFITO-14: Dra. Leylane Auzeni Mendes Rilzer Lopes; Dra. Ana Patrícia de Carvalho Petillo Rodrigues; e Dr. Leonardo Raphael Santos Rodrigues, que, na ocasião, também representou a ABRAFIN.

  • seta ir para o topo