» Notícia » Dr. Roberto Mattar Cepeda é reconduzido à presidência do COFFITO por mais quatro anos

perfil_drroberto

Estar à frente da maior entidade de uma profissão é, certamente, ser um dos responsáveis pelo futuro de uma categoria. Ter a confiança de um colegiado composto por duas profissões para, mais uma vez, ser o presidente do COFFITO é, acima de tudo, um privilégio  e uma honra! As palavras privilégio, honra e confiança estiveram entre as pronunciadas pelo Dr. Roberto Mattar Cepeda, no dia da eleição e da posse, seguidas, claro, de gratidão!

Neste ano, delegados eleitores dos CREFITOs, por maioria dos votos, escolheram a chapa do Dr. Roberto Mattar Cepeda para a gestão 2016-2020. Em junho, o novo colegiado de conselheiros federais reafirmou esse desejo e por unanimidade o reconduziu ao cargo de diretor-presidente.

No Sistema COFFITO/CREFITOs

O nome, mais do que nunca, passa a ser consolidado como um porta-voz das profissões. Afinal, o trabalho no Sistema COFFITO/CREFITOs teve início em 1998, quando participou da segunda eleição para o recém-desmembrado CREFITO-8, integrando o colegiado como diretor-tesoureiro. Em 2006, voltou ao mesmo Regional, sendo eleito presidente. Em dois anos, consolidados por uma atuação marcante, pautada na educação, no fortalecimento e valorização profissional, e na dignidade do atendimento à população, foi alçado como representante de uma chapa que pleiteava as eleições do Conselho Federal.

Em 2008, o colegiado do COFFITO o escolheu, pela primeira vez, para ser presidente. Nestes anos, a Fisioterapia e a Terapia Ocupacional tiveram muitos avanços e, até mesmo, percalços. No Congresso Nacional, o Ato Médico assombrava as profissões e a saúde brasileira. O desfecho só ocorreria após dez anos de tramitação. Em parte deste processo, o Dr. Roberto já representava as profissões e as defendia no Senado.

“Todos os profissionais de Saúde estão à disposição da saúde da população brasileira, e não a serviço de médicos especialistas.”
Dr. Roberto Mattar Cepeda, em audiência no Senado, no dia 24/04/2012.

Veja o vídeo abaixo

O Ato Médico talvez tenha sido uma das pautas mais importantes, mas não foi a única do Sistema nesse período. Sob a gestão do Dr. Roberto Mattar Cepeda, as especialidades profissionais foram ampliadas, buscando-se, assim, alcançar evolução técnico-científica dos profissionais. Além disso, foi apresentado um novo capítulo à formação e à certificação, por meio da criação do Exame Nacional para Concessão de Títulos de Especialista Profissional, realizado em parceria com as associações científicas nacionais de especialidades conveniadas ao COFFITO.

A fiscalização do exercício profissional, uma das funções primordiais da Autarquia, também recebeu suporte da gestão, por meio da criação da Escola Superior de Aprimoramento da Fiscalização (ESAF). O projeto, que está em andamento, foi, inclusive, um dos incentivadores para a recente aquisição de uma nova sede, mais ampla e capaz de acomodar, confortavelmente, inúmeras ações do Sistema.

“O meu desejo é que, nos próximos quatro anos, possamos preencher os 5.000m² desta nova sede com muito trabalho, com muitos colaboradores, com muitas ideias e com muitas conquistas!”.

A inserção da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional nas políticas de saúde, e a necessidade de estar atento aos avanços das profissões e de propagar o trabalho dos profissionais são pontos marcantes das gestões lideradas pelo Dr. Roberto Cepeda. Atualmente, o Conselho Federal e, consequentemente, os fisioterapeutas e os terapeutas ocupacionais têm voz no Conselho Nacional de Saúde (CNS) e no Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS); na coordenação do Fórum dos Conselhos Profissionais da Área da Saúde (FCPAS) e do Fórum dos Conselhos Federais da Área da Saúde (FCFAS), além de representação no Mercosul, no Fórum de Entidades Nacionais dos Trabalhadores da área da Saúde (FENTAS), na ANS e na ANVISA.

 

bannes-conquistas2

Mas a representação não se restringiu aos espaços destinados ao controle social. A Autarquia também se fez presente em articulações junto ao poder Executivo e Legislativo. Foram reuniões no Ministério da Educação; da Saúde; do Trabalho e do Emprego; da Previdência Social; das Forças Armadas, por exemplo. Nesses espaços, o Conselho Federal discutiu a qualidade dos cursos, a necessidade de ampliação do número de cursos de Terapia Ocupacional, as Diretrizes Curriculares Nacionais, os métodos de avaliação. Na área da Saúde, discutiu a inserção em programas governamentais, com dados que subsidiam a necessidade e os benefícios dessa inserção. Nas Forças Armadas a vitória é recente: os fisioterapeutas e os terapeutas ocupacionais foram incluídos no Plano de Carreira do Exército Brasileiro.

Comissão de Assuntos Parlamentares – CAP

Muitas conquistas só foram possíveis devido à persistência de profissionais que dedicaram seu tempo em prol da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional, e em defesa da sociedade. A Comissão de Assuntos Parlamentares (CAP) é um claro exemplo disso, quando, por meio de plantões, os membros acompanham os projetos de lei em tramitação e fornecem subsídios para defender melhorias ou lutar por elas.

Parcerias

A construção coletiva, baseada em evidências e com consulta aos Regionais, também é uma característica marcante da gestão do Dr. Roberto Mattar Cepeda. Embora o papel legislador pertença ao Conselho Federal, a elaboração de minutas de resoluções, avaliadas e discutidas com os CREFITOs, que ampliam a interlocução e contemplam mais realidades, é uma rotina estabelecida.

“Uma gestão se faz com inúmeras pessoas, ela não é feita por um único indivíduo e, sim, por todos. Temos uma missão social grandiosa e, até mesmo por isso, precisamos de muitas mãos para construir um futuro justo e legítimo aos nossos profissionais e digno à sociedade, diminuindo a injustiça social, protegendo e garantindo à população o acesso à saúde integral de qualidade”.

Fisioterapia

Formado em Fisioterapia desde 1985, com uma carreira profissional focada na área hospitalar e na docência, enveredou pelas áreas de Fisioterapia Neurofuncional e Respiratória. Na busca pela ampliação do conhecimento na área de gestão, realizou mestrado em Gestão de Instituições de Ensino Superior. Atualmente, divide-se entre a coordenação do curso de Fisioterapia da Universidade Positivo, em Curitiba, a presidência do COFFITO, e a família.

Com a responsabilidade de quem representa duas profissões, insiste em analisar todas as demandas da Autarquia, visando, assim, a certificação de que tudo está sendo feito da melhor forma possível e afim aos anseios de mais de 200 mil profissionais.

Valores

Ao se colocar no posto maior de representação de uma profissão, mais uma vez, a responsabilidade é incomensurável. Por isso o Dr. Roberto Mattar Cepeda é um ávido entusiasta da Constituição, e de valores que prezam pela Dignidade da Pessoa Humana. A dignidade de oferecer um serviço de saúde adequado e respeitoso à população, assim como a dignidade de assegurar ao profissional de saúde, em especial, ao fisioterapeuta e ao terapeuta ocupacional, condições adequadas, salubres, e em conformidade com a ética, a normatização, e a legalidade, que são os principais norteadores do presidente.

  • seta ir para o topo